Oq vc busca?

Chuva na Rua Augusta. (Foto: Tudo Sobre Eles).

Essa pergunta sobre o que eu estou buscando, sempre me deixou desconcertado. Porque a resposta dela é, em muitos casos, definitiva a respeito de qualquer possibilidade que eu possa ter com o cara que está sentado à minha frente em algum café em São Paulo ou até mesmo com o cara que está teclando comigo. Essa interrogação é cheia de tensão e não tem nada de tesão. Mesmo que seja difícil responder algo sobre essa pergunta, ela surge assim de repente. Porque as pessoas precisam saber sobre onde elas estão prestes a depositarem o melhor delas ou, em alguns casos, terem certeza se a transa vai valer a pena. Isto é, trata-se de um modo de conhecer as vantagens, desvantagens, as garantias, custos e benefícios de estar ali tomando café com aquele sujeito ou gastando algumas horas no celular em algum aplicativo qualquer.

Eu acredito que se proteger é importante, bem como saber onde realmente estamos “investindo” nosso amor. Mas eu também creio fortemente no extraordinário de pular no escuro, sem medos, sem pensar em perder ou ganhar e sim viver o desconhecido. Pois, uma vida sem surpresas, sem enganos, sem decepções e apenas redomas e muralhas é uma vida sem sal. As decepções e as perdas nos fazem reconhecer o que realmente há de valoroso na jornada dos relacionamentos. E eu me interesso em gastar o meu tempo tomando um café, reservar um horário exclusivo para o cara que quer conversar comigo, onde não há celulares ou olhares para o lado para mostrar que tem um monte de outros caras que me querem, mesmo isso não sendo verdade.

Eu não quero ter a “obrigatoriedade” de responder o que eu estou buscando. Isso parece óbvio, eu quero o que todos querem em São Paulo: uma companhia. Alguém para sair, rir, dividir momentos não tão bons, caminhar comigo na Avenida Paulista apenas para observar as pessoas, respirar e recomeçar. Ou simplesmente sexo por sexo, ainda que isso seja um tanto superficial, mas o sexo diz coisas a nosso respeito. Há perguntas que não têm respostas prontas, você precisa viver para encontrá-las. E isso depende do quanto você está disposto a arriscar.

A noite em SP. (Foto: Tudo Sobre Eles)
A noite em SP. (Foto: Tudo Sobre Eles)

E sim. Eu quero um namorado, eu quero um “felizes para sempre”, quase todo homem gay em São Paulo quer isso. E os que não querem já têm namorado ou honestamente não querem. Mas existe uma diferença entre não desejar um namoro e não se permitir namorar alguém por acreditar que algo melhor está por vir. A única certeza que nós temos é o presente. Claro que coisas boas estão reservadas, mas as idealizações só existem na sua cabeça.

Qual é a semântica ou algorítimo correto para nossas buscas? (Foto: reprodução da internet)

Então, nada do que respondemos corresponde a semântica dos mecanismos e algoritmos de busca da maioria dos caras gays solteiros nesta cidade. Mas pode ser que eu ou você que lê este texto tenha sorte, e possa amadurecer a sua busca, acompanhado da busca de outra pessoa, então aproveite os resultados dessa pesquisa envolvente que leva muito tempo. Talvez tempo é o que realmente precisamos buscar.

Author: Adriano Sod

A cada dia, eu me permito descobrir um pouco mais de mim!

One thought on “Oq vc busca?”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s